Banda Adolfo Alexandre de Melo - "Um Patrimônio do Povo de Petrolândia"-PE- Até quando ficará Inativa?

Foto: Alexandre Sertão

1966 (Alberto Celso) 

Foto: Alexandre Sertão

A Banda Musical que fará 79 anos, neste ano (2017), iniciou em 1938, é o primeiro ano de sua existência, que se tornou a partir de 1986: Banda Adolfo Alexandre de Melo, que infelizmente no ano de 2013, deixamos de ouvir soar sua melodia, nas manhãs de setembro, nas novenas de padroeiro, em alvoradas pelas avenidas, no 1º de Julho, e tantas outros memoráveis momentos, no município de Petrolândia.

MOMENTOS COM A BANDA ADOLFO ALEXANDRE DE MELO

Eu pude em muitos instantes acompanhar a Banda Adolfo Alexandre, sempre com a câmera ligada, registrando os melhores anglos, de experientes e jovens músicos, aqui em nova Petrolândia-PE. 

Quanto Produtor Cultural, criei e executei eventos, que pude ter a honra de contar com a presença desta memorável banda, um Patrimônio Vivo de Petrolândia, pude está perto do Senhor José Costa da Silva, carinhosamente conhecido como Dedinho, que teria somente 66 anos de banda, se hoje, a mesma estivesse ativa. 

Tenho em meus arquivos uma acervo fotográfico dos últimos anos, e vejo com um olhar de cidadão, algo se extrema importância, algo que transforma vidas, perdendo-se no tempo.







DEVEMOS FAZER ALGO PELA BANDA

- "Já passou da hora, o relógio já quebrou, é preciso fazer algo, buscar uma alternativa, e não somente conversar, precisamos ouvir a banda, ela fala através de som, ela despertar bem estar, nos faz cantar, nos faz voltar no tempo, e vivermos novos e bons momentos". 

Precisamos ouvindo a banda Adolfo Alexandre de Melo, subir com ela ao palco, pois fazermos parte dela, e ela é parte de cada cidadão petrolandense. 

Precisamos ouvi-la, com os antigos músicos? Sim! Eles são: "A história, o legado deste patrimônio". 
Com os novos músicos? Sim! "Eles serão as novas páginas" de "um livro que já tem autor: - A Música!"

A Banda Adolfo Alexandre de Melo, não é da Prefeitura de Petrolândia, ou do Departamento Municipal de Cultura, ela é da gente, gente que sente a falta de sua presença.
E devemos lutar pelo tombamento da Banda 
E sem falar que seus profissionais, (músicos), pais de famílias, jovens, sobrevivia financeiramente de sua existência, e ficaram desempregados, devemos buscar alternativas de reativa-la, é difícil? Sim, mas não é impossível, impossível seria se nunca tivesse existido. 

Deixo aqui a minha contribuição como cidadão, como blogueiro, como artista que ama a nossa cultura, como produtor cultural, e assim, breve aguardem, um momento memorável com os músicos da Banda Adolfo Alexandre de Melo, e espero contar com quem de fato tem de início a melhor condição de agir, "A gestão atual" deste município. 


 Cícero Costa- Foto: Alexandre Sertão

José Clécio- Foto: Alexandre Sertão 


1º de Julho de 2015 - Foto: Alexandre Sertão 


1º de Julho de 2015 - Foto: Alexandre Sertão 


1º de Julho de 2015 - Foto: Alexandre Sertão 

1º de Julho de 2015 - Foto: Alexandre Sertão 


Alexandre Sertão
Produtor Cultural 

*Contribuição para matéria: Cícero Costa (no dia 07 de Setembro de 2017,  fará 37 anos de Banda Adolfo Alexandre de Melo) 
Atualização da Matéria: 13h40min 



            

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MPF denuncia 32 pessoas suspeitas de usar verba da Lei Rouanet em festas

Governo de Pernambuco vai incentivar espetáculos da Paixão de Cristo 2018

Governo lança Editais do Funcultura Geral, Audiovisual e da Música