Aos 69 anos, morre Geraldo Machado, da Academia de Letras da Bahia

Aos 69 anos, morreu em Salvador o intelectual baiano Geraldo Machado, morreu na tarde de sábado (6), no Hospital Aliança, vítima de um câncer, segundo informações do Correio.

Membro titular da Academia de Letras da Bahia, Geraldo é apontado por amigos e profissionais como um dos melhores diretores que a Fundação Cultural da Bahia (Funceb) já teve. 

Engenheiro elétrico de formação, Geraldo Machado foi fundador da Fundação Luís Eduardo Magalhães e superintendente geral da instituição durante muitos anos. Em sua trajetória, foi comendador da Ordem do Mérito da Bahia, em 1983; membro do Conselho Estadual de Cultura (de 1983 a 1987); e membro do Conselho da Fundação Casa de Jorge Amado.

Desde 31 de outubro de 2003 ocupada a Cadeira 4 da Academia de Letras da Bahia, cujo patrono é o advogado, historiador e poeta português Sebastião da Rocha Pita.

Seu corpo foi cremado ontem, domingo (7), às 15h, no cemitério Jardim da Saudade, em Brotas.

Redação Bocão News
Via: Blog Petrolândia em Foco (Tony Xavier)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MPF denuncia 32 pessoas suspeitas de usar verba da Lei Rouanet em festas

Governo de Pernambuco vai incentivar espetáculos da Paixão de Cristo 2018

Governo lança Editais do Funcultura Geral, Audiovisual e da Música