BRASIL: Prisão de supostos terroristas repercute em jornais europeus, latinos e dos EUA


A imprensa internacional repercutiu hoje (21) a prisão de dez brasileiros que planejavam um atentado terrorista durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Jornais da Europa, dos Estados Unidos e da América Latina deram destaque para a notícia, que também entrou para o ranking de assuntos mais comentados do Google Trends. 

Os jornais italianos Corriere della Sera e La Repubblica destacaram o fato de a célula terrorista ser composta por dez membros e de sua atividade constar das redes sociais.


"Mesmo sendo uma célula amadora, o grupo se comunicava via WhatsApp e Telegram para organizar um atentando, tentando comprar armas", publicou o La Repubblica.

A publicação norte-americana The New York Times disse que as prisões desta quinta-feira "aumentam a tensão no Brasil a apenas duas semanas do início dos Jogos Olímpicos".

A emissora norte-americana CNN colocou uma enorme chamada em seu site e escreveu que o Ministério da Justiça ainda está investigando os celulares e computadores dos dez brasileiros presos. Na Argentina, o jornal La Nacion publicou manchete com a notícia da operação policial no Brasil, mas destacou que a célula detida não havia tido contato direito com o Estado Islâmico.

Já o inglês The Guardian pontuou que a operação ocorreu três dias após a notícia, veiculada pela Ansa, de que um canal na rede social Telegram havia declarado lealdade ao Estado Islâmico.

A edição online do jornal francês Le Figaro também citou a criação do Ansar al-Khilafah Brazil e as mensagens divulgadas pelo grupo no Telegram para incentivar ataques no Rio de Janeiro. 


fONTE: Agência Brasil
Da Ansa Brasil


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MPF denuncia 32 pessoas suspeitas de usar verba da Lei Rouanet em festas

Governo de Pernambuco vai incentivar espetáculos da Paixão de Cristo 2018

Governo lança Editais do Funcultura Geral, Audiovisual e da Música